Cooperativismo
Tirinha de: Beatriz

Tirinha de: Beatriz

Quais são os princípios básicos do cooperativismo??
Anonymous

Os princípios do cooperativismo são as linhas orientadoras através das quais as cooperativas levam os seus valores à prática. São eles:

1º Princípio - Adesão voluntária e livre
"Liberdade é despertar nos outros a vontade de fazer."

As cooperativas são organizações voluntárias e abertas a todas as pessoas aptas a utilizarem os seus serviços e a assumir as responsabilidades como cooperados, sem discriminação de sexo, social, racial, política ou religiosa.

2º Princípio - Gestão democrática pelos cooperados
"Nosso capital são as pessoas."

As cooperativas são organizações democráticas, controladas pelos seus membros, que participam ativamente na formulação das suas políticas e na tomada de decisões. As pessoas eleitas como representantes dos demais membros são responsáveis perante estes. Nas cooperativas de primeiro grau (singulares), os cooperados têm igual direito de voto (um cooperado, um voto). As cooperativas de grau superior (centrais, federações e confederações) são também organizadas de forma democrática.

3º Princípio - Participação economica dos cooperados
"Somar é compartilhar resultados."

Os cooperados contribuem equitativamente para o capital das suas cooperativas e controlam-no democraticamente. Parte desse capital é, normalmente, propriedade comum da cooperativa. Os cooperados recebem, habitualmente, se houver, uma remuneração limitada ao capital integralizado, como condição de sua adesão. Os cooperados destinam os excedentes a um ou mais dos seguintes objetivos: a) desenvolvimento de suas cooperativas, eventualmente através da criação de reservas, onde parte das quais, pelo menos, será indivisível; b) benefícios aos membros na proporção das suas transações com a cooperativa; c) apoio a outras atividades aprovadas pelos cooperados.

4º Princípio - Autonomia e independência
"Empreendimentos autônomos e controlados por seus associados."

As cooperativas são organizações autônomas, de ajuda mútua, controladas pelos seus cooperados. Se estas firmarem acordo com outras organizações, incluindo instituições públicas, ou recorrerem a capital externo, devem fazê-lo em condições que assegurem o controle democrático pelo seus cooperados e mantenham a autonomia das cooperativas.

5º Princípio - Educação, formação e informação
"Educar é construir um futuro melhor."

As cooperativas promovem a educação e a formação dos seus cooperados, dos representantes eleitos e dos funcionários, de forma que estes possam contribuir, eficazmente, para o desenvolvimento das suas cooperativas. Informam o público em geral, sobretudo os jovens e os líderes de opinião, sobre a natureza e as vantagens da cooperação.

6º Princípio - Cooperação entre Cooperativas
"A união faz a força."

As cooperativas servem de forma mais eficaz aos seus cooperados e dão mais força ao movimento cooperativo trabalhando em conjunto, através das estuturas locais, regionais, nacionais e internacionais.

7º Princípio - Interesse pela Comunidade
"A responsabilidade social está no DNA do cooperativismo."

As cooperativas trabalham para o desenvolvimento sustentado das suas comunidades através de políticas aprovadas pelos cooperados.

Fonte: bhmusic 

Fonte:  coisas-do-bob
Quantas vezes nós nos sentimos como o Buzz, completamente inúteis?
E quantas vezes nós não seríamos capazes de tudo em troca da presença de um amigo ali do seu lado?
E, infelizmente, quantas vezes o temos e não damos o devido valor?
Pode ser difícil para os ditos “orgulhosos” reconhecer a importância da unidade para a vida. Pura burrice! Nada mais bonito do que trabalhar em conjunto. Mais bonito e certeiro, diga-se de passagem. “Nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos!” E essa frase é afirmada um pouco mais a cada dia que passa, afinal, somos seres sociais! E se não aprendermos o lema do “um por todos e todos por um”, nada de vida em conjunto!
A nossa existência já está ligada a esse conceito (lembram das células que, mesmo desempenhando uma atividade diferenciada, trabalham em prol da sobrevivência do organismo em questão?).
Aliás, nenhuma relação poderia exemplificar tão bem essa ideia. Apesar de minúsculos, nenhum único elemento vivo desses poderia ser ignorado. Para ir mais fundo ainda, dentro de cada célula, temos as organelas que também participam de uma divina divisão de trabalho. E o que dizer de quando, por uma falha, um indivíduo nasce sem a presença de um cromossomo, unidade infinitamente menor que uma célula, e acaba por ser portador de uma síndrome?
Enfim, onda vai e onda vem, e a nossa NECESSIDADE de nos unirmos aumenta cada vez mais! Desde a ideia inicial até a realização de um trabalho bem cumprido.
Cooperativismo na veia! 
Texto e tirinha por: Renata (representante de sala)

Quantas vezes nós nos sentimos como o Buzz, completamente inúteis?

E quantas vezes nós não seríamos capazes de tudo em troca da presença de um amigo ali do seu lado?

E, infelizmente, quantas vezes o temos e não damos o devido valor?

Pode ser difícil para os ditos “orgulhosos” reconhecer a importância da unidade para a vida. Pura burrice! Nada mais bonito do que trabalhar em conjunto. Mais bonito e certeiro, diga-se de passagem. “Nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos!” E essa frase é afirmada um pouco mais a cada dia que passa, afinal, somos seres sociais! E se não aprendermos o lema do “um por todos e todos por um”, nada de vida em conjunto!

A nossa existência já está ligada a esse conceito (lembram das células que, mesmo desempenhando uma atividade diferenciada, trabalham em prol da sobrevivência do organismo em questão?).

Aliás, nenhuma relação poderia exemplificar tão bem essa ideia. Apesar de minúsculos, nenhum único elemento vivo desses poderia ser ignorado. Para ir mais fundo ainda, dentro de cada célula, temos as organelas que também participam de uma divina divisão de trabalho. E o que dizer de quando, por uma falha, um indivíduo nasce sem a presença de um cromossomo, unidade infinitamente menor que uma célula, e acaba por ser portador de uma síndrome?

Enfim, onda vai e onda vem, e a nossa NECESSIDADE de nos unirmos aumenta cada vez mais! Desde a ideia inicial até a realização de um trabalho bem cumprido.

Cooperativismo na veia! 

Texto e tirinha por: Renata (representante de sala)

Parabeens pelo o projeto. =D
Anonymous

:D muito obrigada! você tem o cooperativismo no seu dia-dia?? como?

Para ver melhor clique na imagem, ela aumentará de tamanho!

Tirinha feita por: Gabrielle 

Muita criatividade! Parabéns, gostei muito! +Follow
:D Haa obrigada mesmo! *-*
Boa sorte para vcs! amei as tirinhas, e a explicação da história do símbolo, oq é cooperativismo... aprendi tudinho kkkk ficando mais inteligente
Anonymous

kkkkk haa Obrigadaa! kkkk continua visitando, vamos estar postando sempre… é bom saber q realmente estamos fazendo a diferença

com qm eu to falando?haaa amei o blog kkkk tomara q vençam esse festival, mtu lindo aki!
Anonymous

kkkkk aqui é a Beatriz (chama de Bia) *-*  haaa obrigada amor! kkkk obrigada mesmo!

Cooperativas

As cooperativas de reciclagem são um exemplo claro de cooperativismo, elas trabalham em grupo visando o bem comum.

As Cooperativas de Reciclagem são responsáveis pelo encaminhamento de toneladas de resíduos plásticos, metais, papel, vidro e óleo vegetal usado para uma destinação correta e eficiente; deste modo os retirando do meio ambiente, evitando que estes entupam bueiros ou prejudiquem o meio ambiente e os animais que nele vivem.

Alguns materiais durariam séculos no meio ambiente com as cooperativas de reciclagem além dos materiais serem retirados do meio ambiente eles ainda recebem uma nova utilidade.

Beatriz

Link dos icons(bonequinhas): http://makaivier-icons.tumblr.com/

Tirinha feita por: Beatriz